Crianças de aldeia na África têm acesso à educação com ajuda missionária

O dia a dia das crianças que vivem na aldeia de Hatone, no Malawi, mudou. Se antes elas não tinham perspectiva para o futuro, hoje elas são motivadas pela educação e ensino da Palavra de Deus.

Mais de 60 crianças  — em sua maioria órfãs — estão sendo alimentadas e recebendo ensino básico na Umodzi School, na província de Chikwawa, na região sul do Malawi. A mudança é fruto da parceria entre a Missão Mãos Estendidas (MME) e o Projeto Daniel.

“Mais uma vez podendo visitar aqui e ver o processo que está acontecendo através da unidade da Missão Mãos Estendidas com o Projeto Daniel, do Ministério Engel”, disse o pastor Elias Marcelo Caetano, presidente da MME, durante visita a Hatone.

“Estamos abençoando essas crianças que estão recebendo educação e comida aqui na escola, funcionando diariamente. Tem sido uma benção. Estou grato pelas orações pelo povo do Malawi”, Elias acrescentou.

Inicialmente, o projeto visava atender 30 crianças. Hoje mais de 60 crianças são alimentadas todos os dias e têm acesso à educação em duas salas de aula que foram levantadas na aldeia.

A aldeia de Hatone foi uma das atingidas pelo ciclone Idai, em março, que afetou  diretamente 922.900 pessoas só no Malawi. Diante do cenário trágico, as doações arrecadadas pelo Projeto Daniel possibilitaram a compra de mais de 13 toneladas de alimentos para a região de Chikwawa.


Crianças da Umodzi School, na província de Chikwawa, na região sul do Malawi.. (Foto: Guiame/Marcos Corrêa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *