Pastor apresenta projeto com crianças da África para autoridades do Brasil e Togo

 

Tomegah Messanvi - Diretor da AfroChamber, Antônio Carlos de Salles Menezes - Embaixador do Brasil no Togo, Sr. Lucien Eyana Edjaide - encarregado de negócios da Embaixada do Togo no Brasil e Rui Mucaje -Presidente da Afrochamber (Foto: Arquivo pessoal)
Tomegah Messanvi – Diretor da AfroChamber, Antônio Carlos de Salles Menezes – Embaixador do Brasil no Togo, Sr. Lucien Eyana Edjaide – encarregado de negócios da Embaixada do Togo no Brasil e Rui Mucaje -Presidente da Afrochamber (Foto: Arquivo pessoal)

 

Durante os dias 17, 18 e 19 de junho, o Ministro dos Negócios Estrangeiros, da Integração Africana e dos Togoleses no Exterior, Robert Dussey, realizou uma visita oficial ao Brasil.

O chanceler do Togo, Robert Dussey, foi recebido em Brasília pelo ministro das Relações Exteriores, Embaixador Ernesto Araújo e participou de reuniões que trataram de temas como a atuação conjunta no combate à pirataria entre os Países do Golfo da Guiné (CIC), a cooperação técnica bilateral para o desenvolvimento do setor algodoeiro local e a implementação da Área de Livre Comércio Continental Africana.

As reuniões se estenderam até o Rio de Janeiro, onde autoridades apresentaram seus projetos e também assistiram a apresentação do projeto Daniel.

Convidado para acompanhar de perto este momento histórico entre as duas nações, o pastor Joel Engel teve a oportunidade de apresentar o seu projeto, que visa cuidar de crianças em situação de risco na África (inicialmente instalado em Campala, Uganda).

Entre as autoridades presentes também estiveram o embaixador do Brasil no Togo, Antônio Carlos de Salles Menezes e o encarregado de negócios da embaixada do Brasil no Togo, Lucien Eyana Edjaide, que expressaram o sonho de verem o Brasil se tornando parceiro de países africanos e de forma específica em Togo.

O convite para Engel participar deste momento especial partiu de Rui Mucaje, presidente da Câmara de Comércio Afro-brasileira (AfroChamber) e da diretora de Comunicação (AfroChamber), Nara Araújo.

Mucaje citou a importância dos projetos de expansão econômica para Togo e da necessidade destas ações terem um lado social e como a parceria com o Projeto Daniel, executado pelo Ministério Engel, é essencial para este momento.

Antônio Carlos de Salles, embaixador do Brasil em Togo, afirmou ainda que “Togo assinou uma série de acordos com o Brasil, e que todos eles vão de encontro com o projeto chamado ‘Plano Nacional de Desenvolvimento’ e uma das metas que existe dentro desse plano é justamente relacionado com as metas das Nações Unidas para o milênio e elas têm a ver com o atendimento social às pessoas, sobretudo as crianças”.

Joel Engel também reforçou que “o projeto Daniel está dentro de uma das metas que o país deseja em torno da melhoria de vida das pessoas daquele país. Então, nós entendemos que esse projeto é de um impacto muito positivo”.

“Hoje, dia 19, foi apresentado apenas um esboço sobre como ele já tem funcionado em outros países e sentimos grande abertura por parte das autoridades togolesas e também das autoridades brasileiras, para que o projeto Daniel possa ser implementado com sucesso”, acrescentou.

Engel aproveitou a oportunidade para também orar com as autoridades presentes e declarar bênçãos sobre o Brasil, sobre Togo através dos representantes de ambas as nações.

Momento de oração após a reunião entre pastor Joel Engel e autoridades dos governos do Togo e do Brasil. (Foto: Arquivo Pessoal)

Propósito

Engel reconheceu a mão de Deus abrindo caminhos para que o Projeto Daniel encontrasse boas parcerias  e continuasse avançando para outros países africanos.

“Desde que voltamos da África, nosso desejo é aproximar as nações africanas e o Brasil e agora conseguimos firmar este acordo histórico”, explicou.

“Achei interessante os aliados que Deus levantou para o nosso projeto, como a Afrochamber. Essa Câmara de Comércio tem contato com representantes e empresários de todas as nações africanas. Rui Mucaje se tornou um dos grandes entusiastas desse projeto e incentivam todos representantes africanos a nos apoiarem”, destacou.

Contexto

A Embaixada da República do Togo em Brasília foi inaugurada em outubro de 2015 e é a única do país em toda a América do Sul.

Joel Engel destacou que este momento “é o fruto de orações e do sonho de ver toda uma geração de crianças crescendo como príncipes, porque está é a visão do Projeto Daniel”.

FONTE: GUIAME, POR JOÃO NETO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *