Projeto Daniel continua abençoando a África

Aldeia em hatone_projeto Daniel (Foto: Marcos Correa)

Aldeia em hatone_projeto Daniel (Foto: Marcos Correa)

O foco do Projeto de Daniel são as crianças órfãs africanas. A meta, transformá-las em príncipes e princesas que

cresçam sadias, na presença do Senhor. Para que isso seja uma realidade em pouco tempo, é preciso que o direito à uma vida digna, com alimentação, moradia e educação sejam garantidos. Pensando nisso, as doações arrecadadas no Brasil tem se transformado em itens de necessidades básicas como comida, mas também em material escolar e vestuário.

“Quando eu me deparei com as crianças africanas pela primeira vez, algo peculiar me chamou a atenção. Não importava a idade, 99% delas andavam descalças. Pensei que fosse alguma tradição da região, algum costume das tribos, mas depois descobri que elas são obrigadas a pisar no chão, tendo contato com lama, com esgoto a céu aberto, pelo simples fato de não possuírem nenhum calçado. Doenças de pele, diarreias e verminoses são comuns entre aquelas crianças por que calçado significa saúde. Não me conformei com aquela situação e sempre que mandamos as doações, pedimos que o responsável na África compre, além das demais necessidades, sapatos para todas elas”, explicou o Apóstolo Joel Engel, questionando: “Como eu posso abrir meu armário e me deparar com tantos pares de sapatos, sabendo que aquelas crianças não tem nem um chinelo para se protegerem de doenças simples, mas que naquelas condições pode até matá-las?”

Assim, nesse mês, as 60 crianças da aldeia de Hatone, na província de Chikahaua, localizada no Malawi, que é atendida pelo Projeto Daniel, não irão mais pisar diretamente no chão. Elas receberam pares de sapatos, além de uniformes escolares novos.

“Cada sorriso no rostinho daquelas crianças nos incentiva a prosseguir. Vê-las calçadas, protegidas de doenças e até de cortes ou outros machucados que os pés desprotegidos poderiam causá-las nos faz ter vontade de seguir a diante pois ainda temos muitos sonhos para elas. Um deles é erguer uma escola melhor, de alvenaria, que também funcione como orfanato, para que elas possam se brigar de uma forma mais confortável. Por isso as doações são tão importantes. Cada patrocinador, cada um que adota uma criança, é uma resposta de oração. Eu sei que Deus irá recompensá-los 7 vezes mais”, disse a Pastora Gabriele Engel que coordena o Projeto no Malawi.

Aldeia em Hatone_escola (Foto: Marcos Correa)

Aldeia em Hatone_escola (Foto: Marcos Correa)

Como adotar um órfão da África?

Basta abrir seu coração e contribuir, fazendo sua doação. Desta forma, você estará fazendo parte do sorriso de uma criança.

Caixa econômica federal

AGÊNCIA: 1151

Op 003

CC:  0661-0

Ministério Engel

CNPJ –  94.445.319/0001-74

Após efetuar o depósito enviar o comprovante para:

WhatsApp –  (055) 9974-8874

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *